quinta-feira, 8 de março de 2012

Todos os dias

É como se apaixonar só uma vez no ano pela Lua. É como dizer apenas em uma noite o quão exuberante são as estrelas e somente numa tarde ensolarada perceber a beleza das flores. É como se em apenas um dia fosse possível (e coerente) enaltecer a maior formosidade do mundo. 

Não existe noite específica para se apaixonar pela Lua ou se perder nas estrelas, nem tardes exclusivas para reparar na beleza das flores. Assim como não existe um único dia para enaltecê-las, pois todos os dias são de vocês - Mulheres. 

Igor Pollauf

  

2 comentários:

  1. Já falaram que vc é MTo bom? Perfeito, não só este, como todos os textos aqui publicados :)

    ResponderExcluir
  2. Ler isso, com essa música... ai que amor!!!!! Beijos, su ♥

    ResponderExcluir